Promotor de vendas tem direito a adicional de periculosidade?



A Quinta Turma do Tribunal Superior do Trabalho (Processo: RR-1625-94.2016.5.07.0032) concedeu o adicional de periculosidade a um promotor de vendas, no qual pilotava motocicleta em vias públicas.


Segundo a Súmula 364 do TST tem direito ao adicional de periculosidade o empregado exposto permanentemente ou que, de forma temporária, sujeita-se a condições de risco, bem como, de acordo com a NR 16, consideram-se perigosas “as atividades laborais com utilização de motocicleta ou motoneta no deslocamento de trabalhador em vias públicas”.


Sendo assim, de acordo com o tribunal, diante da atividade exercida pelo promotor, bem como a habitualidade deste de utilizar a motocicleta para a realização do seu trabalho, o empregado que exerce esta função possui direito ao adicional de periculosidade.



#promotordevendas #adicional #periculosidade #tst #motocicleta #moto #motoneta #nr16 #tribunal #trabalho #notícia #direito #oab #advogado #advogada #advocacia #law #lawyer #justiça #advogados #brasil #lei #estudos

6 visualizações
  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Instagram

(61) 3255-1365

tel.png

Desenvolvido por Stand Mídias

SHN Edifício Le Quartier Sala 624 - Asa Norte - Brasília